segunda-feira, 21 de março de 2011

The darkness in my darkness.

Não sei como começar, nem como terminar, apenas sei que aqui vai estar algum dos meus sentimentos escondidos por mim mesmo, até hoje eu quero saber o por que todos são diferentes de mim, ou melhor o por que eu sou diferente de todos eles, e o por que essa cede de ser diferente cresce cada dia mais, queria saber se isso influenciou em minhas atitudes, de vez em quando me lembro de quando eu era pequeno, tinha ideias totalmente diferentes das de hoje, vendo meu passado e vendo o meu presente não sei se eu me sinto bem ou mal, as vezes olhando para trás me vejo um menino tão bom, feliz com qualquer coisa e otimista alem de tudo, e olho para frente e vejo um louco, com ideias absurdas, chato, não digo triste, mas fechado para grandes felicidades, e pessimista para tudo. Mas de vez em quando tenho uma ideia totalmente diferente, olho para trás e vejo um menino bobo, inocente, e sem coragem de tentar alcançar os sonhos mais difíceis, e olhando para frente olho o meu eu mais interessante, disposto a tentar realizar os sonhos mais difíceis e absurdos que eu tenho, apenas uma coisa conseguiu ser mais forte e se manter diante dessa mudança, que é ver sempre as pessoas bem sorrindo, me sinto até um idiota a vezes por me preocupar mais com os outros doque comigo mesmo, mais isso que me faz bem e mais forte para levantar mais um dia da minha cama e começar um novo dia. Mais que seja se minha vontade de ser único, diferente, especial, trouxe essas mudanças, então ainda vai haver outras, só torço que sejam sempre para o meu bem e para do bem dos outros também por que este sim é o meu verdadeiro sonho "ser diferente".

"This is the darkness in my darkness."

2 comentários:

  1. Cara,a sinceridade que vc impõe nesse texto é fascinante e comovente ao mesmo tempo...
    Parabéms e continue escrevendo assim...
    Abraço...

    ResponderExcluir